A tecnologia está ajudando muito em várias áreas dos condomínios; Iluminação inteligente, utilização consciente da água e segurança em geral, são alguns exemplos de como os softwares ajudam o desenvolvimento das moradias e áreas comuns, evitando desperdícios e facilitando a fiscalização. A nova tendência é monitorar e controlar o acesso de pessoas e moradores por meio de biometria. Mas antes de aderir à novidade, é importante levar em consideração algumas questões importantes. Confira a seguir alguns pontos para te ajudar a decidir se os sistemas de biometria são ou não a salvação dos problemas do seu condomínio. 

Gasto

Como todo e qualquer outro sistema, a biometria gera um custo, e não é baixo. Vale levar em consideração se o gasto é viável para o porte e necessidade do seu condomínio. Caso o problema seja facilmente resolvido com soluções mais acessíveis, talvez a biometria não seja necessária.

Facilidade 

É um sistema que facilita os acessos no geral. Seja o acesso, controle de horários e de pessoal. E ele pode ser implementado não só com a digital, mas também com o reconhecimento de rosto, da íris e da palma das mãos. 

Falhas

Como esses sistemas nada é 100% seguro, por isso, biometria também não é totalmente segura. Entre outras técnicas de fraude, uma impressão digital, por exemplo, pode ser falsificada através de uma impressão com silicone.

Deixe um comentário